Dormir é a melhor Meditação

6 meses: reservar a estadia

Imagem1.png

Alô pessoal!

Pedimos desculpa por este post não seguir a cronologia, mas reservamos mesmo agora a estadia na Islândia. Ficam aqui algumas dicas e, apesar de não termos cumprido, recomendamos que tratem do assunto das dormidas 6 meses antes da aventura.

Existem muitas opções de reserva de estadia, nós recomendamos o AIRBNB. Comparamos esta plataforma com a Momondo, o Hostelworld e o Booking e achamos esta alternativa a mais barata para grupos grandes (sim, hotéis estão COMPLETAMENTE fora de questão). Uma vez que somos 5, escolhemos reservar uma casa inteira, principalmente porque tem cozinha. Desta forma poupamos dinheiro por não comermos fora… pelo menos não todos os dias.

O website é fácil de usar, basta inserir o destino, dias, número de hóspedes e, se tiveres preferência, tipo de quarto (casa inteira ou quarto privado/partilhado). Podes também aplicar outros filtros como gama de preços, número de quartos e casas de banho, instalações, regras da casa, etc.

zz.png

Daí ser bastante simples. Aparece uma lista de opções de acordo com a pesquisa e, uma vez escolhida a que mais te convém aparece toda a informação do quarto. Depois basta reservar e pagar. Simples!

Há apenas um aspeto que não gostamos no Airbnb: são acrescentadas taxas ao preço que aparece inicialmente em grelha. O preço aparece por noite e sem taxas, mais tarde são acrescentados serviços e limpeza, por isso estejam preparados e não haverá problema. No entanto este valor é independente do número de pessoas, sendo que se forem mais pessoas, esse valor dividido por todos é pouco significativo.

Pela nossa experiência, a maioria dos donos são super simpáticos e enviam-te uma mensagem uma vez completado o pagamento. Caso tenhas alguma questão “turística”, estas pessoas são as mais indicadas para te ajudarem.

DESCONTO

Caso escolhas reservar a tua estadia no Airbnb, usa o seguinte link para abrir uma conta (podes criar diretamente do gmail, é super rápido) e recebes um desconto de 30€ nas tuas primeiras férias através do Airbnb:

www.airbnb.com/c/leonors352

Leonor & João

 

 

“Um Objetivo sem plano, é um Desejo”

4 meses: dicas sobre documentos

Olá Viajantes!

Hoje o tema é preparação dos documentos de viagem. É um assunto sensível por duas razões: primeiro porque é um assunto importante e segundo porque pode variar de país para país. Infelizmente não podemos falar de todos os países e leis, por isso vamos focar-nos nos europeus e viajar no espaço Schengen.  Se não fazes parte de um país incluído no acordo de Schengen, provavelmente precisas de um visto, passaporte ou outros documentos dos quais não iremos falar (pedimos desculpa por isso).

O que é o espaço Schengen?

É um acordo entre 26 países da Europa que não têm controlo entre fronteiras. Por essa razão, não é necessário visto ou passaporte para viajar entre estes países:

sh

Como podes ver, não é restrito à União Europeia… talvez um dia, poderemos viajar para todo o lado sem limites e burocracias.

Voltando aos documentos, tanto Portugal como a Islândia e Espanha, são abrangidos pelo acordo. Por isso, os únicos documentos que vamos precisar são: Cartão de Cidadão (obrigatório) e o cartão Europeu de Seguro de Doença.

Parece-nos bastante óbvia a necessidade de levar o CC, no entanto lembra-te de verificar o prazo de validade.

O cartão Europeu de Seguro de Doença não é obrigatório mas consideramos que é extremamente importante. Se necessário, tens acesso a cuidados médicos temporários (em alguns casos gratuito), se estiveres no estrangeiro num dos 28 países da EU, Islândia, Liechtenstein, Noruega ou Suíça. Em Portugal, podes obter o teu cartão de forma gratuita online, em qualquer gabinete de Segurança Social ou Loja do Cidadão.

Esperamos que este texto curto tenha ajudado! Qualquer pergunta relacionada com documentos ou viagens, podes entrar em contacto connosco. Não te esqueças de partilhar!

Leonor & João

 

“Don’t just fly, soar!”

6 meses: dicas para compra dos bilhetes de avião

Hello Viajantes!

Como sabem, o tema de hoje é voar. Basicamente temos duas palavras para ti: GOOGLE FLIGHTS. Na realidade só descobrimos esta plataforma recentemente mas é

sem dúvida

de longe

a melhor maneira de comprar bilhetes de avião online.

Uma vez aberta a página da Google flights vais ver que é super fácil de utilizar. Basta inserir a origem, o destino e as datas. Nos escolhemos só “Ida” uma vez que vamos passar por vários sitios. Esta é a parte em que fica interessante! Uma vez preenchidas estas informações, heis o que aparece:

googleflightspt

Como podem ver, o calendário mostra os preços dos diferentes dias. Estamos a falar de dois ou três dias de diferença e uma poupança de quase 120€. É loucamente útil!

Uma vez escolhido o dia que mais te convém, aparece uma lista de voos das diferentes companhias. Ao selecionares, és reencaminhado para o site da companhia e compras os bilhetes diretamente ai.

Esta plataforma é melhor que as outras que comparem voos porque a maioria muda os preços a meio da compra, só consegues preços baixos se pagares com um cartão específico e tem imensa publicidade.

Esperamos que isto ajude e que gostes tanto como nos (claramente estou demasiado entusiasmada a fazer este post). Quer escolhas o Google flights ou outra plataforma do género, lembra-te de entrar no navegador em privado e de comprar os bilhetes o quanto antes, umas semanas podem fazer uma subidas de preço gigante.

Lembra-te de partilhar, comentar ou entrar em contacto connosco. E sim, o título é uma frase do Dumbo!

 

Leonor e João

Onde Vamos?

6 meses: Dicas para a escolha do Destino

Olá Viajantes!

  1. Quando vais e o que queres fazer?

Nem toda a gente escolhe as férias de verão para aventuras, por isso escolhe atendendo à época do ano. Decide também que tipo de viagem queres: uns dias relaxantes de praia? Uma aventura pela natureza? Uma visita cultural por cidades, museus e história?

  1. O que é que está ao teu alcance?

Nós sabemos que descontos em bilhetes de avião podem ser tentadores… mas não compensa ir a sítios e depois não poder fazer nada porque é tudo super caro. Evita o “lugar da moda”.

  1. Há algum evento no estrangeiro em que queiras participar?

Um concerto, um festival, um jogo, uma feira… este é o nosso caso, uma vez que vamos à Islândia para uma atividade internacional escutista. Aproveita a viagem para fazer um 2 em 1 e viver uma experiência que sempre quiseste.

Esperemos que as dicas tenham ajudado, vamos tentar fazer publicações com mais frequência. Foram uns meses difíceis uma vez que estávamos em época de exames mas felizmente, passamos a todas as cadeiras. Conta-nos sobre os teus planos de viagem! Não te esqueças de partilhar e comentar ou fazer perguntas.

Leonor e João

 

 

Capítulo 1

Olá!

O power-couple português dá-te as boas vinda ao Winter Journey blog.

Começámos o blog porque este ano durante o verão, vamos à Islândia. Sendo uma viagem grande, já a estamos a preparar há algum tempo. O objetivo do blog é partilhar essa informação contigo e dar os melhores conselhos para a viagem.

A próxima (e oficialmente primeira) publicação vai ser uma cronologia de viagem, para te guiar passo-a-passo em tudo o que tem de ser pensado. Assim, as publicações seguintes vão ser informações detalhadas, dicas úteis, ferramentas utilizadas… basicamente tudo o que nós usámos para tornar esta aventura a melhor possível.

Partimos de Lisboa e vamos estar na Islândia de 22 de julho a 3 de agosto de 2017 para uma atividade escutista internacional, o Moot. Depois, vamos estar em Barcelona até dia 8 de agosto. Como podem imaginar, a maioria das atividades na Islândia já vão estar organizadas, no entanto, ainda há que planear toda a parte referente a Barcelona.

Chamo-me Leonor, estudo engenharia zootécnica e quero dedicar-me ao bem-estar animal. Estou habituada a viajar, desde pequena que os meus pais me deram a oportunidade de visitar vários sítios e ainda viver no estrangeiro uns anos.

O João pratica desporto frequentemente e quer influenciar jovens a viverem de forma mais saudável e ativa. É viciado em aventura, recentemente foi de interrail e voltou sem mochila.

A quem possa interessar, a nossa aventura começa aqui. Fica à vontade para acompanhar, comentar e partilhar.